Thursday, May 3, 2007

Spider Parade



Ok, os efeitos CGI são de deixar qualquer um de cara à banda e as cenas de luta frenéticas e soberbamente coreografadas... mas sigam o meu conselho: desconfiem das sequelas onde o único atractivo é a inflacção de personagens - neste caso, de vilões.

Não, não estava à espera que "Spiderman 3", como qualquer outro filme com raízes na banda-desenhada, tivesse algum grau de plausibilidade. Mas, confesso, estava esperançoso que do argumento, bem espremido, escorresse algum sumo. O que Sam Raimi e o seu irmão Ivan escreveram não é mais do que um desfilar das criaturas grotescas dos comics, umas atrás das outras e, como se isso não bastasse, toca a atirar a voluptuosa Bryce Dallas Howard para o colo do aranhiço, que a sua vida amorosa também precisa de ser apimentada. E como o caminho é para a frente, que atrás vem gente, nada como aniquilar o Venom, (só) um dos mais importantes e populares vilões dos comic books, e ainda assassinar o bom amigo Harry, que começava a tornar-se aborrecido com aquela obsessão que já durava desde o primeiro filme: "mataste o meu pai, grande cabrão!".

Visto isto, já imagino o quarto filme: no mínimo, vinte seres das trevas vão unir forças para enfrentar o herói de Manhattan e Tobey Maguire vai ser cortejado por três dúzias de meninas de um bordel do Bronx. Quando chegarmos ao final da saga, vai ser tão fácil encontrar uma perna do homem-aranha como o Wally no metro de Nova Iorque, em hora de ponta. 2 estrelitas

1 comment:

Luís Alves said...

Na mouche! Também fui ver o filme ontem e tambem escrevi sobre ele. Concordo contigo 100% bracken! Abraço para ti:)
"O que é feito do Sam Raimi? "

Sabe tudo aqui

Google